Inteligência competitiva

Parceiros:

Coordenador: Frederico Vidigal (LATACI®)

Inteligência Competitiva, Big Data e desempenho de organizações: o efeito da informação presente em mídias, fontes estratégicas e mercadológicas

O presente estudo partiu da oportunidade de pesquisas capazes de retratar a relação entre processos e inovações recentes nos estágios de coleta e análise da informação para fins estratégicos e mercadológicos como: coleta e análise de informações estratégico-mercadológicas em mídias sociais no contexto netnográfico, envolvendo crowdsourcing e o papel dos prosumers; relação entre julgamento humano (fontes humanas de informação) e inteligência análitica baseada em dados estruturados em ferramentas tecnológicas (Big Data/Business Intelligence), incluindo a informação coletada por conteúdo de anúncios de vagas em sites especializados e entrevistas de emprego, cujo conteúdo atenda a necessidades de informação organizacional de cunho estratégico e mercadológico baseados em Inteligência Competitiva. Processos e fontes podem ser contemplados na formulação de estratégias, sobretudo as de caráter antecipativo com foco no desempenho competitivo das organizações: nesse contexto, o estudo proposto objetiva analisar diferentes configurações da informação, do ponto de vista processual relacionadas à Inteligência Competitiva, tomando como base a demanda informacional para a formulação de estratégias de antecipação, adaptação, a articulação entre seus processos. Contempla-se o impacto dessa informação estruturada no efetivo desempenho e formação de vantagem competitiva para as organizações. Tais processos serão investigados a partir de um modelo estrutural que contempla variáveis de apoio à Inteligência, validado em pesquisa anterior e testado em organizações nacionais e multinacionais de diferentes portes e segmentos de atuação. Em suma, pretende-se caracterizar e mapear diferentes experiências organizacionais e tendências de processos de inteligência, além de verificar a relação entre as variáveis do referido modelo proposto. Considerando o crescente interesse pela área de estudo, acredita-se que a presente pesquisa tende a preencher lacunas de conhecimento ainda existentes na literatura nacional e internacional revisitada acerca da Inteligência Competitiva.

Disciplina associada

Inteligência Competitiva

Ementa

A gestão de dados e informações no ambiente organizacional e Inteligência Competitiva. O ciclo da Inteligência Competitiva: planejamento a partir das necessidades organizacionais e metodologias para estruturação de informações demandadas; coleta de informações: fontes abertas, fontes humanas de informação, fontes primárias e secundárias de inteligência (mídias sociais, recursos humanos, vigilância tecnológica, movimentos do mercado, concorrência e clientes. Coleta em bases de informação de produtos inovadores. Análise e processamento das informações para a geração de inteligência: métodos de análise por julgamento e outras técnicas de Forecasting; Processamento da informação por meio de soluções de business Intelligence no ambiente Big Data. Caracterização de Produtos gerados pela Inteligência Competitiva para a tomada de decisão. Disseminação em Inteligência Competitiva: documentação, visualização e comunicação dos produtos. Retroalimentação do ciclo de inteligência.

Bibliografia

1. BERGERON, P.; HILLER, C. A. Competitive intelligence. Annual Review of Information Science and Technology, v. 36, p. 353-390, 2002
2. DAVENPORT, T; BARTH, P; BEAN, R. How ‘Big Data’ is Different. MIT SloanManagement Review. 2012
3. FULD, L. M. Inteligência Competitiva: como se manter à frente dos movimentos da concorrência e do mercado. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.
4. GILAD, B. Early Warning. Using competitive intelligence to anticipate market shifts, control risks and create powerful strategies. New York: AMACOM, 2003.
5. HERRING, J. P. Measuring the Effectiveness of Competitive Intelligence: Assessing & Communicating CI´s Value to Organization. Herring & Associates e SCIP, 1996.
6. MILLER, J.P. O Milênio da Inteligência Competitiva. Porto Alegre: Bookman, 2002.
7. McGEE, J., PRUSAK, L.Gerenciamento Estratégico da Informação, Rio de Janeiro: Ed. Campus, 2006.
8. MURPHY, C. Competitive intelligence: what corporate documents can tell you. Business Information Review, 2006.
9. VIDIGAL, Frederico. Inteligência Competitiva: aplicações estratégicas e mercadológicas. Editora Appris. Curitiba, 2016
10. WRIGHT, S.; CALOF, J. L. The quest for competitive, business and marketing intelligence.: a country comparison of current practices. European Journal of Marketing. Vol. 40, 2006.
11. WRIGHT, S.; CALOF, J. L. The quest for competitive, business and marketing intelligence.: a country comparison of current practices. European Journal of Marketing. Vol. 40, 2006.